Encontro íntimo

Bem vindo!

Este é um espaço para falarmos sobre assuntos que raramente são tratados em público e que considero necessários para uma vida saudável e alegre. Espero que você seja edificado e também se divirta!
Obrigada por sua visita!

Home . Artigos . Diversos . Lista para o Ano Novo

Artigos

Lista para o Ano Novo

 

Muitos criticam os desejos e as listas de promessas que fazemos para o novo ano que se inicia. Contudo, sábio quem criou o marco de um ano velho e início de um novo ano.

Sim, precisamos de esperanças renovadas. Promessas de praticar mais exercício, emagrecer, tornar-se mais cuidadoso com quem amamos, trabalhar menos e viver mais, ser mais bondoso, tudo isso, se não possível em um ano, quem sabe nos empenhamos mais no ano seguinte?

Quem me dera que os desejos da humanidade fossem mais voltados para o próximo:

Desejo doar mais de mim mesmo a pessoas doentes em hospitais, isoladas, abandonadas, sofridas.
Desejo pensar menos em mim mesmo para ajudar o outro em suas dores.
Desejo pensar em ganhar mais dinheiro não somente para alimentar meu consumismo, mas para compartilhar e ajudar aquele que não tem a mesma habilidade de ser bem sucedido como eu.
Desejo tornar-me menos ouvinte e mais praticante da Palavra.
Desejo buscar mais a Deus e menos aos meus próprios prazeres.
Desejo maior comunhão com Deus, do que com os escarnecedores da minha fé.
Desejo menos poder, mais humildade.
Desejo alcançar os oprimidos e aflitos para lhes dar um pouco de alívio em sua fome e sede de justiça.
Desejo mais amor para o mundo e menos violência.
Desejo ser instrumento de paz e não de confusão.
Desejo ser instrumento de união e não de divisão.
Desejo menos rancor e mais perdão.
Desejo menos armas e mais flores.
Desejo mais cores e menos cinzas.
Desejo mais música e menos lágrimas.
Desejo mais dança e menos inércia.
Desejo mais vida e menos morte.

E que esses meus desejos não descansem no fundo de um balde, mas que eu consiga agir para que cada um dele se cumpra. Todavia, se não conseguir tudo em um ano, que tentemos a cada um que a vida nos conceda.

Tentar, tentar… em cada gesto, cada atitude, cada ação, a cada ano até que as forças se esvaiam e em um último suspiro ouçamos o Pai nos chamando para descansar em seu seio.

 

Silvia Geruza F. Rodrigues

Compartilhe

3 comentários

  • Adorei a lista…o que a gente escreve..fica oficializado, marcado, registrado em algum lugar. Foi pensado para ser realizado….vou fazer a minha e com a ajuda e força de Deus…vou realizá-la! Bjs.

  • Nadir disse:

    Tempo para reflexão não é mesmo? Como afirmou Sócrates: A vida sem reflexão não merece ser vivida.

    E a nós psi, cabe ainda, não permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz. Esse foi o lema de Madre Teresa de Calcutá.

  • Maria Bernardete disse:

    ah, que gostoso, ler seus textos, parecem plumas alisando a alma. obrigada.

Deixe seu comentário