Encontro íntimo

Bem vindo!

Este é um espaço para falarmos sobre assuntos que raramente são tratados em público e que considero necessários para uma vida saudável e alegre. Espero que você seja edificado e também se divirta!
Obrigada por sua visita!

Home . Artigos . O ESSENCIAL SÓ SE VÊ COM O CORAÇÃO

Artigos

O ESSENCIAL SÓ SE VÊ COM O CORAÇÃO

CERTO DIA ao dar uma palestra sobre amor, essência, etc. perguntei quem na plateia havia lido o livro O Pequeno Príncipe. Para meu espanto ninguém levantou as mãos. Ok. pensei, todas de uma geração adiante da minha, porque lembro quando o livro de Antoine de Saint-Exúpery foi lançado e as meninas, principalmente, leram esse livro avidamente. Colocávamos suas frases nos cantos dos cadernos ( se existisse o facebook, as pessoas ficariam enjoadas de tanto verem suas frases pipocando aqui e acolá). Talvez a mais famosa tenha sido: O essencial é invisível aos olhos. Ou provavelmente:
Tu te tornas eternamente responsável por tudo aquilo que cativas.

Torna-se difícil apontar a melhor, porque o livro inteirinho é um poço de lições sobre sentimentos belos como amizade, amor, amor responsável. Um livro simples, contado como se fosse um diálogo entre um aviador e uma criança perdida no deserto. Vi o filme, relembro, comprei o filme, ainda o tenho, e choro todas as vezes que o vejo. Lembro que na época era considerado brega escrever a frase: Tu te tornarás eternamente responsável por tudo aquilo que cativas.  Mas, as jovens, adolescentes e pré adolescentes não se importavam: havia stickers, cadernos, frases escritas por todo lugar. Virou uma verdadeira febre.

Algumas frases importantes poderiam ser citadas aqui para aguçar sua curiosidade, querido leitor, querida leitora, quem sabe você se interessa, compra o livro para ler e aprende alguns princípios que parecem tão esquecidos nos dias atuais líquidos!

É preciso enfrentar algumas larvas se quiser conhecer as borboletas.

“O pequeno príncipe pergunta a serpente:
– Você não se sente sozinha aqui no deserto?
E ela lhe responde:
– “No meio da multidão também nos sentimos sozinhos.”


“Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo já pronto nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos. Se tu queres um amigo, cativa-me!”

“A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar.”
“Foi o tempo que perdeste com tua rosa que fez tua rosa tão importante.”
Poderia transcrever o livro inteiro para você, mas já temos informações suficientes aqui para você pensar. Em um mundo tão líquido, ler tais frases sobre a responsabilidade de amar, de ser amigo, de cativar não faz tanto sentido. O que lemos hoje em frases curtas com fotos torna-nos intolerantes à leitura somente com palavras, palavras densas que nos fazem pensar, que aguçam nossa mente. Ah, essas não são mais bem vindas e nem benquistas pelos leitores do século XXI. isto é, alguns não leitores. Livros pequenos, rasos, ou que tragam conteúdos de guerra, violência, sangue, terror, mistério e sexo…Esses sim, vendem aos roldões.
Que volte meu Pequeno Príncipe com sua simplicidade e profundidade. Queria tanto que as pessoas voltassem a se interessar pelo essencial, que é invisível aos olhos. Só se vê bem com o coração…É, é isso mesmo…

Compartilhe

Deixe seu comentário